ANTON STEENBOCK | BRUNO BAPTISTELLI

13 NOVEMBRO 20 DEZEMBRO

PRESS RELEASE

Abertura

Quinta-feira 12 de dezembro de 2013 19h

Período expositivo

13 de novembro a 20 de dezembro de 2013

Horário de visitação

Artista alemão Anton Steenbock ganha individual na Galeria Pilar
Artista transforma galeria em showroom de decoração para questionar a construção da imagem e do espaço
A Galeria Pilar apresenta a partir de 12/11/13, às 19h, a segunda individual em São Paulo do artista alemão Anton Steenbock, residente no Rio de Janeiro. O artista discute através de desenho, vídeo, fotografia e instalações a apropriação como procedimento artístico, colocando em pauta as questões da originalidade, da autenticidade e da autoria da obra de arte, além de questionar a própria natureza da arte e sua definição. A curadora portuguesa Marta Mestre assina o texto curatorial da exposição.
Steenbock cria na segunda sala da galeria diversas ambientações, tendo como referência lojas de decoração populares, como a Ikea ou a tok & stok. Os produtos em exposição são trabalhos de natureza minimalistas construídos com materiais industriais – martelos, vidros, metais, etc, que contrastam com as ambientações kitsch e coloridas dos papeis de parede ou pisos falsos. Os trabalhos de arte, nessa concepção, são simplesmente objetos materiais e não veículos portadores de idéias ou emoções.
O artista nos traz peças criadas entre 2010 e 2013, que usufruem das barreiras que limitam a arquitetura formalista, a pintura, a escultura e a instalação para investigar a construção da imagem e do espaço. Sua verdade está na realidade física com que se expõe aos olhos do observador - cujo ponto de vista é fundamental para a apreensão da obra, despida dos efeitos decorativos do ambiente. 
Entre as obras em exibição vale a pena destacar a instalação “Sem Título”, criada em Berlin em 2011, na qual dois ventiladores são instalados sobre os lados opostos de um suporte e entre eles um caderno de anotações é colocado.Devido à corrente de ar que é criada pelos ventiladores, as páginas do caderno são folheadas aleatoriamente para frente e trás. A impressao de uma mão invisivel que vira as páginas é criada.

Galeria Pilar apresenta individual de Bruno Baptistelli
A Galeria Pilar apresenta exposição do jovem artista paulistano Bruno Baptistelli. Intitulada “2”, a mostra exibe obras recentes, criadas entre 2012 e 2013, que buscam, através de uma frágil arquitetura, mostrar como a geometria e os objetos criados pelo homem podem ser corrompidos pela vida. A jovem curadora mineira Isabella Rjeille assina o texto curatorial. Paralelamente à exposição de Bruno Baptistelli, o jovem artista alemão que reside no Rio de Janeiro Anton Steenbock foi convidado para apresentar seus trabalhos em mostra individual.
Recém integrado ao time de artistas representados pela Galeria Pilar, Baptistelli reúne trabalhos que conflitam entre forma e vida, geometria e organicidade. Sua produção percorre um arco que se inicia no espaço em que circula, passa pela apropriação de materiais e referências; e a manipulação desses para configuração de sua obra. Baptistelli devota atenção para o cotidiano, tendo a capacidade de doar um rigor formal (sem ser formalista) e uma força poética para toda sorte de objetos encontrados em diversos cantos das cidades. Em sua montagem a exposição cria uma ambiência instalativa que propõe entender em que momento o orgânico e o geométrico convivem em perfeita harmonia.