BENVENUTO CHAVAJAY

DIAMANTE TÍPICO

02 ABRIL 30 MAIO

BENVENUTO CHAVAJAY

Abertura

Quarta-feira 01 de abril de 2015 19h

Período expositivo

02 de abril a 30 de maio de 2015

Horário de visitação

terça à sexta das 11 às 19h.

sábados das 11 às 17h.

DIAMANTE TíPICO
A Galeria Pilar tem o prazer de apresentar seu novo artista representado, o guatemalteco Benvenuto Chavajay, em sua primeira individual no Brasil.
Nascido na Guatemala em 1978, artista do neo-pós-guerra, Benvenuto Chavajay testemunhou as mudanças e os fenô- menos que sofreram o país e a cultura guatemalteca ao lon- go dos útimos anos. No princípio, o barro era o material que por excelência conseguia materializar a estreita união entre a comunidade e seu entorno – natural e etéreo. Com as mu- danças o barro foi substituído pelo plástico. Este modelo se repete nas demais comunidades da Guatemala e na América Latina. É o plástico o material que vem se incorporar a todos os aspectos da vida cotidiana; de algum modo tudo se tornou “plastificado”, “retornável”, “descartável” e “diamantizado”.
Com isso em mente, os objetos transmutados por suas mãos são de plástico – de “diamante” – esse material que foi in- corporado à nossa cultura e cujo uso parece se propagar a todos os aspectos da vida, a ponto de parecer que nossas vi- das se tornaram “descartáveis diamantizadas”. Testemunha disso, o artista coloca-se numa perspectiva neutra, com uma proposta de materializar através dos objetos de arte essas mudanças que sofrem seu entorno imediato.
Todos dias milhares de pessoas vão e vêm. Muitos se dirigem de um extremo da cidade a outro, enquanto outros muitos fazem a travessia da cidade para alguma comunidade no in- terior e vice-versa. A macrocefalia da Cidade da Guatemala empurra seus habitantes a percorrer diariamente esses lon- gos trajetos, durante os quais brotam experiências que, em seu caso particular, se traduzem em objetos de arte.
Diamante Tipico é o nome de um restaurante no centro his- tórico da Cidade da Guatemala onde se serve todo tipo de comida popular a todo tipo de gente.






Benvenuto Chavajay (1978, Guatemala) formou-se na Escuela de Artes Plásticas, Guatemala. Prosseguiu os estudos na Universidade Nacional da Costa Rica; graduou-se na ESPIRA/ESPORA Escuela Superior de Arte, Nicarágua, em 2007 e participou do Bureau of Educational and Cultural Affairs, Proyecto SALPICA, Estados Unidos, em 2009.
Participou de eventos dirigidos à descolonização nos seguintes locais:
Blaffer Art Museum University of Houston, Texas, 2014;
HEMI GSI at the University of Southern California, 2013;
Del Gesto al Pensamiento Decolonial, simpósio Absurdo, Quetzaltenango, Guatemala, 2013;
ANI Interactiva in Mérida, México, 2013.
Há obras suas em coleções particulares na Costa Rica, Colômbia, Cuba, Espanha, Estados Unidos, Guatemala, México e Nicarágua.
Coleções públicas:
El Museo del Barrio, Nova Iorque, EUA.
The Museum of Latin American Art, MOLAA, Long Beach, California.
The Artist Pension Trust Collection, Nova Iorque.
CIFO, Cisneros Fontanals Art Foundation, Miami.
Museo de Antioquia, Medellín, Colômbia.